Quando Juvenal teima com alguma coisa… E ele teimou com Dagoberto. Apesar do atleta ter recusado a proposta de quatro milhões de dólares feita pelo Metalist, da Ucrânia, o presidente do São Paulo ainda tenta encontrar alternativas para viabilizar a saída do atleta.

Juvenal deu ouvidos a comentários vindos da Barra Funda de que o atleta vinha causando problemas no grupo. Nesta quarta-feira, reuniu-se com pessoas do clube para discutir as possibilidades financeiras de transferí-lo. O empresário Juan Figger tenta ajudar o mandatário na tarefa.

É importante ressaltar que não há mais nenhuma proposta por Dagoberto na mesa de Juvenal. Existe sim a esperança de que clubes estrangeiros utilizem os últimos dias de janela (que costumam ser movimentados) para preencherem as últimas lacunas e levarem o são paulino.